Hipnose Clínica

Hipnose Clínica

A hipnose é um fenômeno fisiológico e segundo a atual definição pela Associação Americana de Psicologia (APA), “é um estado de consciência que envolve atenção focada e consciência periférica reduzida, caracterizado por uma maior capacidade de resposta à sugestão”.  É apenas uma maneira de conversarmos com nossos mais profundos pensamentos e emoções, promovendo um estado alterado de consciência e rebaixamento do senso crítico. 

Não há poder mágico atrelado à hipnose como é sugestionado na Hipnose Teatral (de palco ou de rua). Na verdade, isto acarreta danos à Hipnose Clínica, como os muitos mitos que rodeiam a hipnose. Um dos mitos é de que a pessoa hipnotizada perderá a consciência. A pessoa hipnotizada escuta tudo o que o hipnotizador está dizendo e está ciente das coisas à sua volta. Não há hipnotizador que tenha controle sobre a vontade do hipnotizado, este não fará nada que fira os seus valores. O transe é um estado parecido com o sono, mas a pessoa não está dormindo. 

A Hipnose Clínica é uma ferramenta para conduzir a pessoa a uma conexão mais profunda com a sua mente inconsciente e com isto promover soluções para os diversos problemas que a vida apresenta, atuando como coadjuvante nos tratamentos de depressão, enxaquecas, gastrites, rinites, emagrecimento,  tabagismo, alergias e doenças de pele associadas a fatores emocionais entre outras patologias.

Ainda pode ajudar na preparação para testes, provas e concursos públicos, destravar para falar um idioma já adquirido, relaxamento e redução de estresse, desenvolvimento pessoal, tratamento de vícios como bebidas alcoólicas, outras drogas,  excessos em geral, roer unhas etc, e potencializar o desenvolvimento esportivo, intelectual, emocional, entre outros benefícios.



Comente isso! Comentar

  • Não existem comentários ainda, clique em comentar e seja o primeiro!